As 10 melhores cidades para se viver no Brasil



Criado em 1990, pelos economistas Amartya Sen e Mahbub ul Haq, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mede a qualidade de vida de um país, com base em três fatores: Expectativa de Vida (Longevidade), Educação e Renda. Desde 1993, a Organização das Nações Unidas (ONU) utiliza o índice no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que promove o desenvolvimento dos países e erradicação da pobreza no mundo.


A métrica varia entre 0 e 1 e é dividida em quatro faixas:


  • 0,350 - 0,554 - IDH Baixo

  • 0,555 - 0,699 - IDH Médio

  • 0,700 - 0,799 - IDH Alto

  • 0,800 - 1,000 - IDH Muito Alto


O Brasil está na 79ª posição, atrás do Uruguai (57º), Argentina (48º) e Chile (42º), na América do Sul.




A Noruega lidera a lista dos países com melhor qualidade de vida, com IDH de 0,954. Seguida pela Suíça (0,946) e Irlanda (0,942), respectivamente.




No Brasil, para medir o IDH dos municípios, foram adotados os mesmos critérios de avaliação: Expectativa de Vida, Educação e Renda. Porém, a métrica sofreu uma ligeira alteração, sendo dividida em cinco faixas:



Confira abaixo, quais são as 10 cidades com melhor IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) no Brasil.



10º Lugar - Curitiba/PR



A capital paranaense, é uma das quatro capitais entre a lista das 10 melhores cidades para se viver no Brasil. É uma cidade que se destaca pela arborização, cultura e gastronomia, além de ser a capital mais fria do país.


IDHM: 0,823

IDHM (Longevidade): 0,855

IDHM (Educação): 0,768

IDHM (Renda): 0,850

PIB: 5º no Brasil e 1º no Estado do Paraná

Salário Médio Mensal: R$ 4.180,00

População: 1.933.105

Frota de Automóveis: 1.062.056

Temperatura Média: 17,4 ºC



9º Lugar - Brasília/DF



Capital do Brasil desde 1960, Brasília ocupa o 9º lugar entre as melhores cidades para se viver no país. Destaca-se pela arquitetura e urbanismo, tendo sido projetada e planejada pelos arquitetos Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, e também, pelo engenheiro estrutural Joaquim Cardozo.


IDHM: 0,824

IDHM (Longevidade): 0,873

IDHM (Educação): 0,742

IDHM (Renda): 0,863

PIB: 3º no Brasil

Salário Médio Mensal: R$ 5.643,00

População: 3.015.268

Frota de Automóveis: 1.284.710

Temperatura Média: 21,4 ºC



8º Lugar - Joaçaba/SC



Localizada no interior de Santa Catarina, Joaçaba ocupa o 8º lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. É considerada pólo econômico e político do meio-oeste catarinense, além de ter a fama de produzir um dos melhores carnavais do sul do país.


IDHM: 0,827

IDHM (Longevidade): 0,891

IDHM (Educação): 0,771

IDHM (Renda): 0,823

PIB: 538º no Brasil e 35º no Estado de Santa Catarina

Salário Médio Mensal: R$ 2.821,50

População: 30.118

Frota de Automóveis: 13.639

Temperatura Média: 18,1 ºC



7º Lugar - Niterói/RJ



Localizada a 13km da capital fluminense, Niterói ocupa o sétimo lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. É o segundo lugar do mundo, com maior número de obras projetadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer. É conhecida, também, como cidade sorriso.


IDHM: 0,837

IDHM (Longevidade): 0,854

IDHM (Educação): 0,773

IDHM (Renda): 0,887

PIB: 27º no Brasil e 3º no Estado do Rio de Janeiro

Salário Médio Mensal: R$ 3.239,50

População: 513.584

Frota de Automóveis: 187.289

Temperatura Média: 22,6 ºC



6º Lugar - Santos/SP



Localizada no litoral paulista, a cidade de Santos ocupa o sexto lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. Com seus 13 quilômetros de extensão, o Porto de Santos é o maior da América Latina e responsável por 25% de todas as cargas que entram e saem do Brasil. São 7 quilômetros de praias e a cidade fica a 72 quilômetros da capital paulista.


IDHM: 0,840

IDHM (Longevidade): 0,852

IDHM (Educação): 0,807

IDHM (Renda): 0,861

PIB: 36º no Brasil e 13º no Estado de São Paulo

Salário Médio Mensal: R$ 3.448,50

População: 433.311

Frota de Automóveis: 143.702

Temperatura Média: 22,9 ºC



5º Lugar - Balneário Camboriú



Localizada no litoral norte de Santa Catarina, Balneário Camboriú ocupa o quinto lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. Além das praias e atrativos turísticos, a cidade possui comércio forte todos os dias do ano. É considerada a capital catarinense do turismo e, também, famosa pela verticalização dos imóveis, abrigando alguns dos maiores arranha-céus do Brasil.


IDHM: 0,845

IDHM (Longevidade): 0,894

IDHM (Educação): 0,789

IDHM (Renda): 0,854

PIB: 193º no Brasil e 10º no Estado de Santa Catarina

Salário Médio Mensal: R$ 2.508,00

População: 142.295

Frota de Automóveis: 50.720

Temperatura Média: 20,1 ºC



4º Lugar - Vitória/ES



A capital capixaba ocupa o quarto lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. Destaca-se pelas praias, turismo histórico e cultural.


IDHM: 0,845

IDHM (Longevidade): 0,855

IDHM (Educação): 0,805

IDHM (Renda): 0,876

PIB: 42º no Brasil e 1º no Estado do Espírito Santo

Salário Médio Mensal: R$ 4.075,50

População: 362.097

Frota de Automóveis: 125.370

Temperatura Média: 24,8 ºC



3º Lugar - Florianópolis/SC



A capital catarinense, ocupa o terceiro lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil. Constituída em sua maioria (54km) pela Ilha de Santa Catarina, é famosa por suas praias e pela Lagoa da Conceição, uma lagoa de água de salgada.


IDHM: 0,847

IDHM (Longevidade): 0,873

IDHM (Educação): 0,800

IDHM (Renda): 0,870

PIB: 44º no Brasil e 3º no Estado de Santa Catarina

Salário Médio Mensal: R$ 5.016,00

População: 500.973

Frota de Automóveis: 226.784

Temperatura Média: 20,9 ºC



2º Lugar - Águas de São Pedro/SP



Famosa pelas águas termais, teatro e artesanato, Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, entre Brotas e Piracicaba, ocupa o segundo lugar entre as melhores cidades para se viver no Brasil.


IDHM: 0,854

IDHM (Longevidade): 0,890

IDHM (Educação): 0,825

IDHM (Renda): 0,849

PIB: 3389º no Brasil e 485º no Estado de São Paulo

Salário Médio Mensal: R$ 2.194,50

População: 3.451

Frota de Automóveis: 1.710

Temperatura Média: 22,4 ºC



1º Lugar - São Caetano do Sul



Famosa pela indústria, comércio e serviços, a cidade de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, ocupa o primeiro lugar entre as melhores cidades para se morar no Brasil.


IDHM: 0,862

IDHM (Longevidade): 0,887

IDHM (Educação): 0,811

IDHM (Renda): 0,891

PIB: 75º no Brasil e 25º no Estado de São Paulo

Salário Médio Mensal: R$ 3.762,00

População: 161.127

Frota de Automóveis: 101.335

Temperatura Média: 18,1 ºC

0 visualização