Me formei em Odonto, fodeu.



Apesar de esse ser o sentimento de boa parte das pessoas que se formam em odontologia, saiba que existe uma luz no fim do túnel. Afinal, todas as dúvidas que estão passando pela sua cabeça neste momento, como - Será que eu abro meu próprio consultório? Será que eu trabalho para colegas mais experientes? Será que eu me junto com alguns colegas de classe para abrir uma clínica? Será que eu já faço uma especialização? Será que eu procuro uma grande empresa para trabalhar? - podem ser solucionadas se você tiver paciência e buscar ajuda profissional.

Se o meu filho estivesse se formando em odonto neste momento, a primeira coisa que eu iria falar para ele fazer é analisar todas as possibilidades, ou seja, listar quais são as opções de trabalho para quem é formado em odontologia. As principais são essas:

  • Abrir um consultório próprio;

  • Trabalhar como prestador de serviços em um consultório ou clínica de terceiros;

  • Abrir uma clínica com colegas de turma ou outros conhecidos;

  • Fazer um concurso público na área odontológica;

  • Ser vendedor de produtos odontológicos em uma empresa;

  • Atuar como professor ou pesquisador no mundo acadêmico;

  • Trabalhar como consultor científico em uma empresa do segmento odontológico;

  • Atuar na área administrativa de clínicas ou empresas do mercado odontológico.


Após analisar todas essas opções, é muito importante saber quais são as suas Âncoras de Carreira, ou seja, quais são os seus motivadores profissionais, os seus valores e competências, dos quais você não abre mão. Existem 8 âncoras:


  • Técnico Funcional: pessoas que preferem exercer uma atividade técnica e, normalmente, não gostam de assumir cargos de liderança.

  • Gerência Geral: pessoas que têm como objetivo principal, liderar grandes equipes.

  • Criatividade Empreendedora: pessoas que querem ter o próprio negócio.

  • Serviço ou Dedicação a uma causa: pessoas que pretendem trabalhar em cargos e empresas que se preocupam em como transformar o mundo em um lugar melhor.

  • Autonomia e Independência: pessoas que não gostam de cumprir regras e horários pré-estabelecidos, ou seja, fazer o seu trabalho da forma e quando acharem melhor.

  • Desafio Puro: pessoas que adoram problemas complexos e preferem ser remuneradas por resultados e não por tempo trabalhado.

  • Estilo de Vida: pessoas que buscam equilíbrio entre vida pessoal e trabalho.

  • Segurança e Estabilidade: pessoas que precisam suprir a necessidade de segurança e estabilidade, como por exemplo, concursos públicos ou empresas que não costumam demitir funcionários com facilidade.

Se você pensa em abrir o seu próprio consultório, é importante que você tenha um nível alto nas seguintes âncoras: Criatividade Empreendedora e Desafio Puro, pois, você estará abrindo o seu próprio negócio e não tem certeza dos resultados que irá obter. Não quer dizer que, se os seus resultados nessas âncoras forem mais baixos, você não possa abrir o próprio consultório, mas é preciso ter consciência de que irá precisar desenvolver algumas habilidades e quebrar alguns paradigmas.

Se você tem vontade em trabalhar como prestador de serviços em clínicas ou consultórios de terceiros, é importante que você tenha um nível alto na âncora Técnico Funcional, porque nesse caso, você será contratado(a) para realizar atividades técnicas.

Se você pretende abrir uma clínica com colegas de turma ou outros conhecidos, é importante que você e os outros tenham níveis altos, nas seguintes âncoras de carreira: Gerência Geral, Técnico Funcional, Criatividade Empreendedora e Desafio Puro, pois alguém terá que se responsabilizar pela parte técnica, pela gestão do empreendimento e não terão certeza sobre os resultados que terão ao longo do tempo.

Se você tem a intenção de prestar um concurso público, é importante que você tenha um nível alto na âncora de Segurança e Estabilidade, pois, para essas pessoas, o mais importante é a garantia de um emprego e uma remuneração certa todo mês e não tanto o que irá realizar. Essa âncora é preciso de atenção especial, porque a necessidade de segurança e estabilidade pode ser dos pais e não suas, necessariamente.

Se você deseja ser vendedor(a) em uma empresa, é importante que você tenha um nível alto nas seguintes âncoras: Desafio Puro e Técnico Funcional, afinal, você será remunerado bom base nos seus resultados de vendas e, por se tratar do segmento odontológico, são vendas mais técnicas, o que exige um conhecimento especializado.

Se você pensa em atuar como pesquisador ou professor no mundo acadêmico, é importante que você tenha um nível alto nas seguintes âncoras: Técnico Funcional e Serviço e Dedicação a uma causa, pois, você estará atuando com conhecimento técnico com a finalidade de melhorar a vida das pessoas.

Se você pretende trabalhar como consultor científico em uma empresa do segmento odontológico, é importante que você tenha um nível alto na âncora Técnico Funcional, pois, assim como os vendedores, você será contratado para prestar serviços que necessitam de conhecimento especializado.

Se você gosta mais de processos administrativos e pretende atuar nessa área, é importante que você tenha um nível alto na âncora de carreira Técnico Funcional, pois, esses profissionais também atuam com trabalhos que exigem conhecimento técnico.

Ficou curioso(a) para saber quais são as suas Âncoras de Carreira? Clique aqui para fazer um teste e ter uma devolutiva grátis.

Depois de ter conhecimento sobre quais são as suas âncoras de carreira e decidir qual caminho seguir, é importante que você saiba disso:

  1. O que você escolhe hoje, não precisa ser a sua escolha para o resto da vida. Quanto mais você experimentar as opções que têm, mais acertada será a sua decisão, mesmo que ela mude no futuro.

  2. Depois que decidir, tenha paciência e consciência de que as coisas levam um tempo para acontecer. Não fique mudando a cada dois anos achando que o problema está no que você ainda não sabe. "As pessoas superestimam o que podem fazer em um ano e subestimam o que podem conquistar em uma década".

  3. Construa metas de curto, médio e longo prazo. Utilize o método SMART. Um acrônimo em inglês que significa, que uma meta tem que ser Específica, Mensurável, Atingível, Relevante e com data (Tempo) para acontecer.

  4. Seja qual for a sua decisão, pesquise o mercado em que você está entrando. Neste link tem 2 estudos bem completos para você analisar o mercado odontológico brasileiro. Um deles se chama Odontologia Brasileira em Números 1970/2020, onde foi feito um retrospecto com dados estatísticos dos últimos 50 anos da odontologia no Brasil, nas 22 especialidades odontológicas e nos 27 estados brasileiros. E o outro, se chama Concorrência entre Dentistas, onde foi feito um levantamento do número de habitantes e número de dentistas, nos 5.570 municípios brasileiros, para saber quais são os mais e menos concorridos em cada estado.

  5. Lembre-se que, Fé e Medo são dois sentimentos que nos fazem acreditar em algo que só existe na nossa cabeça. O medo nos faz acreditar que algo ruim vai acontecer e a fé nos faz acreditar que algo bom vai acontecer. Pense bem qual dos dois você irá alimentar mais.

  6. Trabalhe com entusiasmo rumo as metas que você traçou. Nada resiste a dedicação e a persistência.

  7. Construa o hábito de poupar dinheiro, nunca sabemos quando uma pandemia ou algo que não esteja sob o nosso controle irá surgir.

  8. Invista no seu crescimento técnico e de negócios. Leia livros e faça cursos de marketing, vendas, liderança, oratória, comunicação e empreendedorismo. Isso irá te ajudar bastante. Além, é claro, do autoconhecimento que, na minha visão, é o melhor investimento que podemos fazer em nós mesmos.

  9. Cerque-se de pessoas que te levem para cima, o mundo está cheio de pessoas desejando o mal dos outros.

  10. Acredite em você. Deus já te aprovou há muito tempo, você não precisa da aprovação de mais ninguém. Confie na sua intuição e vá em frente. Seja feliz com as suas escolhas.



143 visualizações